16/01/2018

A VIDA DE JESUS - SEU BATISMO, SUA TENTAÇÃO E MORTE DE JOÃO BATISTA




Jesus depois que voltou do Egito porque Herodes já havia morrido, ele morou na Galileia. E naqueles dias, apareceu João Batista pregando no deserto da Judéia dizendo:


Arrependei-vos, porque está próximo o reino dos céus - Mateus 3:2


João pregava desta forma para que se cumprisse o que foi dito através do profeta Isaías no livro Isaías 40:3. João usava pelos de camelo como vestimentas, um cinto de couro e se alimentava de mal silvestre e gafanhotos. As pessoas saíam para se encontrar com João em Jerusalém, e estas pessoas eram batizadas no rio Jordão, confessando seus pecados.

E João Batista continuava batizando as pessoas e pregando o arrependimento, mas enfatizava que depois dele viria alguém mais poderoso que ele, cuja as sandálias ele não seria digno de tirar, este viria para batizar com Espírito Santo e com fogo.


Eu vos batizo com água, para arrependimento; mas aquele que vem depois de mim é mais poderoso do que eu, cujas sandálias não sou digno de levar. Ele vos batizará com o Espírito Santo e com fogo. - Mateus 3:11


Por este tempo, Jesus saiu da Galileia para o Jordão com o intuito que João o batizasse. João Batista não se achava digno de realizar tamanha honra de batizar Jesus naquelas águas em que ele costumava batizar as pessoas, mas Jesus insistiu porque isto teria que ser feito pois era da vontade de Deus.


Ele, porém, o dissuadia, dizendo: Eu é que preciso ser batizado por ti, e tu vens a mim? Mas Jesus respondeu: Deixa por enquanto, porque, assim, nos convém cumprir toda a justiça. Então, ele o admitiu. - Mateus 3:13-15


João batizou Jesus,  e logo que Jesus saiu da água, na mesma hora os céus se abriram e o Espírito de Deus desceu como uma pombinha sobre ele, e uma voz dizia que Jesus era seu Filho amado a quem em quem muito era comprazo:


Batizado Jesus, saiu logo da água, e eis que se lhe abriram os céus, e viu o Espírito de Deus descendo como pomba, vindo sobre ele. E eis uma voz dos céus, que dizia: Este é o meu Filho amado, em quem me comprazo. - Mateus 3:16-17


Logo em seguida, Jesus saiu e foi levado pelo Espírito ao deserto, para ser tentado pelo diabo. E depois de Jesus jejuar por quarenta dias e quarenta noites, Jesus sentiu fome. Então o tentador se aproximando de Jesus disse:
 
 
Se és Filho de Deus, manda que estas pedras se transformem em pães. Jesus, porém, respondeu: Está escrito: Não só de pão viverá o homem, mas de toda palavra que procede da boca de Deus. - Mateus 4:3-4


E o diabo continuou tentando Jesus dizendo para ele pular do pináculo do Templo para que os anjos a amparasse e até que Jesus p repreendeu assim o tentador se retirou dali.


Então foi conduzido Jesus pelo Espírito ao deserto, para ser tentado pelo diabo. E, tendo jejuado quarenta dias e quarenta noites, depois teve fome; E, chegando-se a ele o tentador, disse: Se tu és o Filho de Deus, manda que estas pedras se tornem em pães. Ele, porém, respondendo, disse: Está escrito: Nem só de pão viverá o homem, mas de toda a palavra que sai da boca de Deus. Então o diabo o transportou à cidade santa, e colocou-o sobre o pináculo do templo, E disse-lhe: Se tu és o Filho de Deus, lança-te de aqui abaixo; porque está escrito: Que aos seus anjos dará ordens a teu respeito, E tomar-te-ão nas mãos, Para que nunca tropeces com o teu pé em alguma pedra. Disse-lhe Jesus: Também está escrito: Não tentarás o Senhor teu Deus. Novamente o transportou o diabo a um monte muito alto; e mostrou-lhe todos os reinos do mundo, e a glória deles. E disse-lhe: Tudo isto te darei se, prostrado, me adorares. Então disse-lhe Jesus: Vai-te, Satanás, porque está escrito: Ao Senhor teu Deus adorarás, e só a ele servirás. Então o diabo o deixou; e, eis que chegaram os anjos, e o serviam. - Mateus 4:1-11


Logo depois disto, Jesus soube que João Batista estava preso e foi para Galileia; deixando Nazaré, foi morar em Cafarnaum situada à beira do mar, nos confins de Zebulom e Naftali, para que fosse cumprido o que foi dito pelo profeta Isaías.


A terra de Zebulom, e a terra de Naftali, Junto ao caminho do mar, além do Jordão, A Galiléia das nações; O povo, que estava assentado em trevas, Viu uma grande luz; aos que estavam assentados na região e sombra da morte,A luz raiou. Mateus 4:15-16


E daí em diante Jesus começou a pregar e dizer: Arrependei-vos, porque está próximo o reino dos céus. Jesus pregou, curou, operou milagres, até que depois de um tempo veio a falecer João Batista que foi degolado para atender as exigências de uma mulher má que queria a morte de João Batista, usando a sua filha Salomé para conseguir seus objetivos, leia o texto abaixo:


Naquele tempo ouviu Herodes, o tetrarca, a fama de Jesus, E disse aos seus criados: Este é João o Batista; ressuscitou dos mortos, e por isso estas maravilhas operam nele. Porque Herodes tinha prendido João, e tinha-o maniatado e encerrado no cárcere, por causa de Herodias, mulher de seu irmão Filipe; Porque João lhe dissera: Não te é lícito possuí-la.
E, querendo matá-lo, temia o povo; porque o tinham como profeta. Festejando-se, porém, o dia natalício de Herodes, dançou a filha de Herodias diante dele, e agradou a Herodes. Por isso prometeu, com juramento, dar-lhe tudo o que pedisse; E ela, instruída previamente por sua mãe, disse: Dá-me aqui, num prato, a cabeça de João o Batista.
E o rei afligiu-se, mas, por causa do juramento, e dos que estavam à mesa com ele, ordenou que se lhe desse. E mandou degolar João no cárcere. E a sua cabeça foi trazida num prato, e dada à jovem, e ela a levou a sua mãe. E chegaram os seus discípulos, e levaram o corpo, e o sepultaram; e foram anunciá-lo a Jesus. Mateus 14:1-12

 
 
 
VEJA TAMBÉM...
 
 

 

Por: No Teu Altar
Foto: Google
Fonte: Ref. Bíblia de estudo da Mulher JFA - Esta história se encontra no livro de Mateus Capítulo 3 e 4:1-17 e Capitulo 14:1-12




 
Copyright © No Teu Altar - 2011 - 2019. Todos os direitos reservados. Web Design: Garota Criativa.